domingo, 18 de outubro de 2009

Até...






Sei que sabes que sim
E que para mim
És o mundo lá fora
Não há nada a fazer
Nem nada a dizer
Aqui e agora

Deixa à volta o mundo
Vai ser o que o tempo entender
Nem tu tens de o dizer
Só tens de o sentir
Se Sabes que Sim
e que para mim
És o mundo lá fora

Olha para mim
Se estiveres a fim
Falamos depois
A qualquer hora

Olha para mim
Tudo tem um fim
Vemo-nos depois

Sei que és parte de mim
Estarás sempre aqui
Sei que não demoras
Não há nada a fazer
Nem nada a dizer
Aqui e agora


Sei que sabes que sim . EZ Special

Fase nova, vida nova. Este blog vai ficar de férias. Já há muito que ia ficando cada vez mais complicado de escrever por aqui. Finalmente tenho uma vida preenchida. Finalmente posso dizer o que quiser a quem quero, em vez de esperar por portas travessas que o venham aqui ler. Não tenho tido vontade de vir aqui postar, as razões nem eu sei. Mas sei que só gosto de escrever quando realmente me apetece. Não é um fim. É apenas um até logo sem se saber quando será o logo. Até me pode dar um arrependimento enorme daqui a bocado e amanhã já ter voltado a postar algo por aqui. Mas por hoje, e pelas últimas semanas, não me tem dado aquela vontade de escrever, de ver, de pesquisar, de informar, etc por aqui. Por isso,

até logo, ou até já. "Falamos depois. A qualquer hora."


segunda-feira, 5 de outubro de 2009




Finalmente, na mui nobre Faculdade de Letras da Universidade do Porto!!
Não no curso com que sempre sonhei, mas acho que a vida me está a levar por um caminho no qual nunca tinha pensado... E nada acontece por acaso! Desta faculdade, já ninguém me tira durante uns belos anos!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Green Day - Pavilhão Atlântico




Porquê?! :(
Já é o segundo concerto ao qual não vou este ano. A vida corre mal, troca-me as voltas, e toda a gente vai a tudo, menos eu! :/
Queria tanto ir... :x

domingo, 27 de setembro de 2009

Legislativas 2009 - Pensamentos





1. Adorei a imagem!! Vamos lá ver quem fica com o terceiro lugar esta noite e durante os próximos quatro anos...

2. Aposto que há carradas de gente que falou mal do Sócrates e votou nele à mesma. Não percebo, sinceramente não percebo.

3. Acho que a Manuela Ferreira Leite deveria de se demitir depois das autárquicas.

4. O Bloco de Esquerda diz que "acabou a arrogância do PS". Não me parece que tenha acabado. Simplesmente vão ter de piar mais fininho...

5. Adorava ser jornalista na noite das Legislativas. Sondagens, entrevistas, rodopios, alta tecnologia, política. AMO. Ok, eu adorava ser jornalista todos os dias, mas hoje o sentimento está mais forte (e o sonho cada vez mais longe...).

sábado, 26 de setembro de 2009

Gostava...



Gostava... de saber quanto gosto, como gosto, se gosto.
Gostava... de saber o significado de ter sonhado contigo.
As tuas mãos, os teus lábios, a tua pele, o teu toque... Acordar com isto na minha mente despertou-me os sentidos. Será que gosto, quanto gosto?
Gostava... de perceber o porquê de ver o teu nome saltitar no canto do meu computador e o meu coração quase me sair pela boca. Ficou a 100 à hora... Apanhou-me desprevenida, deixa-me impotente, renegada aos sentimentos. 
Pensava que tinha tudo minimamente sob controle... Mas depois volta tudo ao mesmo. 
Amanhã talvez perceba... já que hoje, só sei que nada sei.


Mas lá no fundo, eu gosto de me sentir assim... Ais a minha vida... 



You said you'd be there for me
In times of trouble when I need you and I'm down
And likewise you need friendship
You have goals to achieve
Can you feel my heart is beating
Blood, blood, blood, blood is rushing
Heartbeat . Nneka (incompleto)

Pinguim Tuga :P




Beeem, mais uma vez venho aqui fazer serviço público! Lembram-se de durante o verão termos visto nas notícias um pinguim a saltitar no meio da praia? Não?! Então fiquem a saber que Luís Monteiro, de 28 anos e natural de Vila Real está à um tempinho à espera que a competição Blog Your Way to Antarctica, da Quark Expeditions, acabe, e assim possa realizar um sonho seu: ir à Antarctica, pinguins incluídos. 
Para isso precisa de ser o blogger com mais votos mundialmente, e neste momento parece que há uma americana que do dia para a noite ganhou uns belos milhares de votos. Pessoal, toca a votar nele! Para além de ser Português, ele merece :) E não custa nada. 
Basta ir aqui: http://www.blogyourwaytoantarctica.com/090922_1206/blogs/view/102, efectuar um registo rápido, votar no Luís e depois irem à vossa conta de email confirmar que são mesmo reais e que não inventaram o vosso email ;)
Mais informações sobre ele e como votar: http://rumoantarctica.com/

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Keep on climbing



Subir a escadaria da vida... Tropeçar aqui, saltar ali porque não há degrau... Mas subir, sempre, sempre a subir.

Work, work, work




Estou tão farta de férias... Não, a sério. Vocês pessoal que já estão a trabalhar/estudar devem querer dar-me um tiro por dizer isto, mas eu tenho a coragem de repetir: estou farta de férias! Supostamente já deveria de ter começado as aulas dia 15 de Setembro... Mas sou forçada a ter de esperar até dia 12 para poder finalmente começar a minha vida universitária... Estou farta de piscina! Uma piscina que estava tão quentinha no Verão mas agora (apesar do tempo quente) está gelada como tudo.
Estou farta de não ter nada para fazer...
Não quero mais férias :(

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Há gente teimosa...




"Uma antiga feirante de Coimbra detida 37 vezes por conduzir sem ter carta aceitou hoje realizar trabalho comunitário em vez de ir para a prisão e sonha um dia “vestir um fato-macaco e guiar um camião”."


Mais uma vez, Cristina Araújo, com 48 anos, foi apanhada a conduzir sem carta. Já vai nas 38 vezes! Hoje de manhã foi fazer pela oitava vez o exame de condução... Mas ninguém sabe se passou ou não. Aliás, nem me interessa. Só me faz uma certa confusão o facto de ela provavelmente conduzir, tão mal, mas tão mal, que passa a vida a ser apanhada! Sim, porque se ela não tivesse carta mas conduzisse bem... Não teria sido apanhada já 38 vezes...
É caso para dizer, há gente teimosa... E há o cúmulo da TEIMOSIA.


E deus ma libre de lhe porem um camião nas mãos! :x

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Post sem interesse nenhum...


A melhor coisinha para se esquecer as amarguras: Filipinos *.*
Ou os buracos dos filipinos, porque esses estavam em promoção no Lidl xD

terça-feira, 22 de setembro de 2009

O homem do leme




E mais que uma onda, mais que uma maré...
Tentaram prendê-lo impor-lhe uma fé...
Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade,
vai quem já nada teme, vai o homem do leme...

E uma vontade de rir nasce do fundo do ser.
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir,
a vida é sempre a perder...

Homem do leme . Xutos e Pontapés
Sempre a perder, mas hei-de ganhar nalgum lado. 

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Legislativas 2009



http://www.bussolaeleitoral.pt/


Hoje faço algum serviço público e ponho aqui este link que é óptimo para quem não sabe bem qual partido tem as ideias mais parecidas com a sua. 
Eu, estou muito pertinho do MEP. Movimento Esperança Portugal. E do PSD, já agora. 
Mas a dúvida persiste. Esta que vai ser a minha primeira votação, quem vai levar o meu belo voto? Bem, como dizem os Gato Fedorento, o dia de reflexão foi feito para alguma coisa ;P
Uma coisa é certa: O Sócrates e a Ferreira Leite não o merecem. Não acho que nenhum dos dois seja apto para governar um país. Um, ainda não percebeu que o papel dele é governar bem em vez de perseguir quem o critica em jornais e crónicas. A dirigente do PSD, não me parece que tenha estaleca para o cargo.
E já agora pessoal, vão votar, a abstenção é uma coisa feia.

domingo, 20 de setembro de 2009

Um aparte

"Pensei que íamos ter uma conversa muito profunda"
"O que é que entendes por conversa muito profunda?"
"Não sei... Mais complexa."
"Mas isto não tem nada de complexo!..."
(...)
"Eu ou sou muito especial, ou muito parva."
"Um bocadinho das duas."
"É, também acho que sim". 
(...)
Lágrimas nos olhos, as últimas lágrimas que nunca chegaram nem chegarão a cair. 
Fim de cena.




Estas frases continuam a martelar-me as ideias...

Sonhos, esperanças, eu e os outros






Vi o desafio num dos blogs que costumo ler, e gostei dele. Aqui vai:



Eu quero... entrar em Ciências da Comunicação no Porto. E que o resto da minha família fique bem.
Eu tenho ... esperança.
Eu acho... que há demasiadas burocracias neste país.
Eu odeio... quem fala mal apenas pelo gosto de o fazer.
Eu sinto saudades ... de me sentir completamente amada.
Eu escuto... os outros, quase sempre.
Eu cheiro... doce de figo que a minha mãe fez à bocado.
Eu imploro... que vou ser a melhor aluna do curso, mas por favor, um santo qualquer que mexa o destino para eu entrar no curso que quero.
Eu procuro... amor verdadeiro, alguém que lute por mim no matter what.
Eu arrependo-me... de não prestar atenção a certas coisas importantes, e de não ser mais assertiva.
Eu amo... em demasia.
Eu sinto dor... quando me desiludem, quando me acertam em cheio na "ferida", e quando são injustos comigo.
Eu sinto falta... de ter aulas que gosto. Oh sim, tenho saudades de aulas...
Eu importo-me... com a sociedade, e com quem me rodeia (embora há quem ache que não).
Eu sempre fui... baixa :P
Eu não fico... bem comigo mesma quando ofendo alguém.
Eu preciso... de ir para o Porto (já referi que para o curso que quero?).
Eu acredito... no amor, no romantismo, nos beijinhos e fofices e remelices, mas não em demasia, senão cansa, passa a rotina.
Eu danço... sempre que estou feliz. Adoro dançar.
Eu canto... quando estou feliz, e quando gosto da música.
Eu conto... com os outros que me rodeiam.
Eu choro... quando discuto. Inevitável.
Eu falho... comigo mesma, algumas vezes.
Eu luto... por aquilo em que acredito.
Eu escrevo... quando preciso de exprimir algo, entender algo.
Eu ganho... cada vez mais amigos :)
Eu perco... a compreensão da minha família, cada vez mais.
Eu nunca... fui a Inglaterra.
Eu confundo-me ... com a vida. E as voltas que a vida dá.
Eu estou... esperançosa.
Eu sou... pacata.
Eu fico feliz quando... consigo o que quero.
Eu tenho esperança... de entrar em CC!!!
Eu deveria... ser mais assertiva, ter uma personalidade mais forte. Gettin' better though.

sábado, 19 de setembro de 2009

Beijo



Um beijo para quem segue os seus sonhos...
Um aplauso para quem os consegue alcançar.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

In the end, it all matters.



Cheguei a algumas conclusões. No fim. Porque é no fim que se tiram as conclusões, que se fazem os juízos de valor, que se olha para trás e se vê o que se passou, o que aconteceu, o que mudou, o que poderia ter sido.
Chego à conclusão (entre muitas outras) que sou demasiado benevolente. Que sou forte, mas não tenho uma personalidade forte. Não sou o cúmulo da teimosia, não sou capaz de levar o mundo à frente se não me fizerem a vontade. Não sou capaz de pensar apenas e só em mim numa relação. Penso sempre nos dois, no outro, e em mim. O todo, penso sempre no todo. Não consigo fazer com que olhem para mim e fiquem enfeitiçados por eu passar a vida a chamar à atenção. Não tenho uma personalidade feminina "normal". Não sou demasiado ciumenta, sou apenas o suficiente (ou aquilo que para mim é o suficiente) para não fazerem de mim parva. Não me chateio em demasia. Perdoo imenso, desde que os erros não sejam repetitivos. Não tenho a "mania" de falar muito em sentimentos. Prefiro senti-los a ter conversas profundas e complexas, nem que seja porque os machos deste mundo odeiam conversas profundas. Têm dificuldade em tê-las. E eu pressinto o que me querem dizer pelos olhares, os toques, os actos. Não preciso de palavras em excesso. Não consigo ser manipuladora ou fazer com que os outros mudem de opinião devido a mim, a não ser que tenha mesmo muita razão e queira mesmo marcar o meu ponto de vista. Não consigo forçar nada nem ninguém a fazer o que não quer, ou a dar o que não está disposto a dar. Não consigo influenciar, porque não gosto de influenciar. 
Basicamente, sou um tesourinho para os homens não se chatearem comigo pelas minhas manias. Não vou em demasia às compras, só de vez em quando os arrasto para as lojas e sinto-me mal por isso se sei que eles não gostam. Não tenho a mania das arrumações. Não tenho ataques de ciúmes. Não passo horas à frente ao espelho enquanto esperam por mim.
Sou tudo isto, MAS por ser assim, acho que faz com que não lutem por mim. Se as mulheres têm aquela "mania" de gostarem de quem as trata pior, os homens fazem exactamente a mesma coisa, por ser mais sexy talvez. Mudar a minha benevolência e bondade, não mudo, até porque não consigo. O que eu sei, é que ainda estou para encontrar alguém que realmente me ame e que faça tudo por mim. É isso que quero encontrar. Eu, e o resto do mundo, provavelmente. 

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Pride & Prejudice



Ontem fiquei até às 3 da manhã a ver este filme. Conhecia-lhe o nome, nunca o tinha visto de uma ponta à outra.
E AMEI. 
Orgulho e preconceito, muito orgulho e muito preconceito. Mas no fim, quando o amor é forte, supera tudo. 
A história de amor entre Lizze e o Mr. Darcy mexeu comigo como à muito um filme não mexia. Aquelas borboletas na barriga simplesmente por ver o amor no olhar deles... Esqueci-me que eram actores e que era um mero filme. Para mim, aquela história poderia ser a minha à uns séculos atrás. Os vestidos longos e rodados, o amor sem ter a complicação de "ele só está comigo para ter aquilo que quer". Os casamentos arranjados eram mais que muitos, mas as noivas encaravam isso como uma obrigação, algumas eram até felizes com o conforto e as mordomias apesar de não terem o amor e a paixão. Mas também havia quem arranjasse o amor, a paixão, o conforto, tudo... 
Enfim, Pride and Prejudice mostrou a minha faceta romântica a 100% :)
E mostrou-me também que o que eu mais gostava que um homem fosse (para além de honesto e fiel) era que tivesse a coragem e o amor suficiente por mim para LUTAR por nós, no matter what. Esta reflexão vem do filme e depois de uma relação estar a chegar ao fim. Uma pessoa vai aprendendo com a vida :P

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

*



If it's not love, what you're made of, then you're not what I'm looking for... 

Cartoon


Cartoon :) Porque às vezes nos sentimos assim, como um desenho animado.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Beautiful beauty


Bela...
Ser-se bela, ver-se bela, sentir-se bela.

Mas o que é ser-se bela?

Endless summer



Praia, verão, sol... Quase a acabar! nãoooooooooo

sábado, 29 de agosto de 2009

Parabéns a mim ^^

Hoje... faço anos. E não é um aniversário qualquer. É um número com peso, que provoca mudança (pelo menos no papel). 18 anos. Uma eternidade para mim, nem tanto para quem já viveu muito mais que eu.
Sinto-me feliz. Cheguei aos 18 com amigos, com família, saudável, etc.
Mas é um dia estranho ao mesmo tempo. Muito mais do que nos outros anos, hoje toda a gente resolve dar os parabéns. Mesmo aquelas pessoas por quem eu passo na rua e não ligamos nenhuma, hoje têm um "parabéns" a dizer.
Parabéns a mim :)

Bem, uma coisa é certa, ao meu jantar, só vai quem merece mesmo ;P E também há aqueles que teimam em fazer férias no fim de Agosto. Ophum. Sempre o mesmo todos os anos :P

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Selfish love



The way you walk
The way you do
The way you breath
The way you play
The way you feel
The way you touch
The way you enter to my mind

(...)

The way you smile
The way you talk
The way you kiss
The way you love
The way you look
The way you walk
The way you enter to my mind

I love you...
Selfish Love . Pedro Cazanova ft. Andrea

Mas às vezes, muitas vezes, demasiadas vezes, só o amor não chega... Ou então, é porque o amor não era tão forte assim.
Só sei, que nada sei.
Um mês para as colocações do ensino superior. Um mês (ou menos) para acabarmos. Tão pouco romântica que esta afirmação é...
Há que aproveitar os últimos dias... Nada mais posso fazer.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O espelho do corpo

Hoje tenho tanto para querer dizer, mas nada me sai. Se fosse pôr isto em palavras, ia sair auhgviwrbvfwkijADBIU tal é a confusão...
Por isso deixo-vos a foto, que eu adorei-a :)

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Não posso adiar o amor para outro século


(...)

Não posso adiar este abraço
que é uma arma de dois gumes
amor e ódio
não posso adiar
ainda que a noite pese séculos sobre as costas
e a aurora indecisa demore
não posso adiar para outro século a minha vida
nem o meu amor
nem o meu grito de libertação

não posso adiar o coração

António Ramos Rosa

É um assunto que me anda a martelar-me as ideias desde à um tempo para cá. É uma ideia que no meu entender é demasiado modernista. Sim, modernista! Eu que sou bem contra ideias antiquadas, também não concordo com esta que é completamente descabida mas que espelha as relações de hoje em dia.
O amor sério, uma relação séria, tem idade?
Quando duas adultas dizem a alguém com menos de 20 anos que devia variar mais, ou seja, que devia descolar-se da actual e viver a vida porque ainda é muito novo para estar sempre na mesma, eu fico a pensar para onde raio é que foi a inteligência das pessoas. A sério, se uma pessoa está feliz, gosta do outro, dão-se bem, tudo corre bem, mas namoram à mais de vá... uns belos meses, talvez mais de um ano, depende das contas, o que é que se deve fazer? Mudar para outra onda? Isso é viver a vida?
Para mim, o gostar não tem idade. Pode-se gostar diferentemente porque a maturidade muda, as experiências ganham-se, mas o sentimento em si nada tem a ver com o caso. Se alguém me vier dizer que se vai casar com 18, 19 anos, isso eu já talvez ache demasiado, e eu não o faria nem pelo príncipe encantado no cavalo branco. É demasiado cedo, porque casamento implica família, e família implica maturidade e atenção concentrada na família mais do que em tudo o resto.
Mas uma relação não tem de ter idade. Pode começar aos 20 e durar para sempre. Pode começar aos 18 e durar 3 anos. Pode começar aos 16 e acabar aos 18, para ser retomado aos 25 e durar para sempre. Who knows?
Para quê adiar o amor para outro século, década, ano, idade? Não faz sentido...

Twitter

Não percebo a ideia.
É um dos fenómenos da internet que alcançou a ribalta mais depressa, principalmente nos Estados Unidos, mas também na Europa, Japão, etc.
Segundo a revista Times, é uma maneira nova e fenomenal de acompanhar o que amigos e família estão a fazer naquele preciso momento.
Pois eu não entendo qual é o espanto.
Há milhentos sites na internet que visam fazer o mesmo: hi5, myspace, facebook, etc, etc, etc.
Mais, todos estes sites fazem o que o twitter faz, e muito mais ainda!
Alguém me explica a fenomenalidade do twitter, tirando o nome que até é bem fofo?

Prefiro o meu blog...

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Bahhhhhh -.-'


Há dias em que mais vale...
... não acordar.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Deeper love


If your gonna save the day
And your hearing what i say
I feel your touch , your kiss
Is not enough
And if you believe in me
Dont think my loves for free
I wont take nothing less
Than a deeper love
Fragma . I need a miracle

Findings

Lost and insecure
You found me,
You found me...
Lying on the floor,
Where were you,
Where were you?
Surround me,
Surround me...
The fray . You found me

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Retrovisor

A vida é aquela viagem...
E quando olhar no futuro para o retrovisor deste blog, vou lembrar-me que:...
Neste dia tive 14,7 no exame de Português, e estudei tudo em 2 meses e sozinha para estar o melhor preparada possível... Sinto-me realizada.
Neste dia mudei de casa, para melhor sem dúvida...
E neste dia a minha avó não me podia ter desiludido mais...

A vida é uma viagem, que continua com um único destino inexorável.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Fallin' from the sky

Foto linda, linda :)
Todos nós temos as nossas tempestades que nos fazem cair do céu em catadupa...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

A pena de morte


25% dos Portugueses defendem a pena de morte, segundo um estudo revelado pela SIC no Jornal da Noite de hoje.

Eu não concordo com esta ideia de pena de morte.

Não beneficia quem cometeu um crime grave, pois não é esse o castigo devido. Saber que se vai morrer, ou ficar preso durante anos? Eu preferia a morte, mas se tivesse cometido mesmo um crime irreparável, o que é que eu merecia? A saída mais fácil, ou uma punição com sentido?

Depois, há a parte de quem foi vítima. Se alguém fizesse mal a um ente querido meu ou a mim, será que eu me sentia bem ao pensar "ele teve o que mereceu, sofreu a pena de morte", ou preferia pensar que ele está onde merece, na prisão? Eu prefiro a segunda opção...

E por último, quem tem o direito de tirar ou ordenar tirar a vida a alguém?

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Gosto de...

... agradar.

Não sei se isto é bom ou mau, mas acho que é algo que quase toda a gente gosta de fazer. Mesmo aquelas pessoas que se designam "do contra", elas também gostam de agradar quando se esforçam para isso.
O problema é quando se tenta agradar, e a outra pessoa não liga nenhuma a isso. É como se não tivéssemos feito nada. Chega um outro alguém que faz isto e aquilo e há logo elogios imediatos. Quem se tinha esforçado, não recebe o devido valor. Não quer isto dizer que eu faça isto ou aquilo para me darem milhentos elogios e um brindezinho. Nada disso. Simplesmente gosto que o reconheçam, tal como reconhecem quando não faço algo que deveria fazer.
A tendência humana para só ver defeitos é algo que me desagrada...

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Guess who's back!

E voltei.
Antes de mais nada sei que o blog é meu, por isso posso ausentar-me durante o tempo que bem me apetecesse. Mas sinto que devo um pedido de perdão a quem me acompanhou durante bastantes meses, e desde o início deste ano se deparou comigo... distante. O que é uma grande ironia, visto que a maior parte de vocês estão muito mais perto de mim do que alguma vez estiveram.
Para quem não se lembra, eu era aquela tal portuguesa bem do outro lado do oceano, num país agora governado (e ainda bem ;D) pelo Mr. President Barack Obama. Desde o fim de Janeiro que tudo mudou, por razões que não vou explicar por aqui por serem demasiado pessoais mesmo para um blog que foi criado para eu me poder exprimir livremente.
Já mudou tanta, tanta coisa, que o meu maior sonho, algo que eu lutei tanto e tanto para que acontecesse acabou por me cair dos céus aos meus pés. E que sonho é este? Fazer os possíveis e impossíveis para entrar no curso de Ciências da Comunicação no Porto :) Tive de estudar um ano inteiro de Português do 12º ano, rever gramática e memorizar termos que já não ouvia deste o 9º ano. Mas vai valer a pena! O exame é já nesta segunda. Espero que tenha boa nota, e que fique bem mais pertinho do meu sonho, do meu objectivo...
Prometo andar mais presente por aqui. Não posso comentar blogs porque continuo com a minha fantástica (ironia! Isto de andar a estudar recursos estilísticos tem muito que se lhe diga) internet banda larga limitada, e andar de blog em blog durante horas como fazia antes de vir para Portugal só vai voltar a acontecer quando puder ser. Mas espero ver-vos por aqui de qualquer maneira. Já tinha saudades das maravilhas da blogoesfera e as pessoas que se podem conhecer por aqui, tudo o que se pode aprender aqui, os horizontes na mente que se abrem, as opiniões que se discutem.
Desejem-me sorte para o exame, e até já! :)

terça-feira, 21 de abril de 2009

Looking to heaven


Adorei a pureza, a beleza e a expressão deste auto-retrato :) Espero que também gostem.

Uma tempestade sem fim previsto


O vai e o vem do vento de uma tempestade...
Uma tempestade que molha a terra e as plantas, que dá vida;
Mas que ao mesmo tempo põe em baixo de espírito todos aqueles que gostam de ver o sol.

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Meias medidas


Entre a escuridão e as sombras, entre o claro e o escuro, entre o certo e o imprevisível.
Nunca se pode ter a certeza do próximo segundo... mas ter uma base previsível do que vai acontecer a seguir dá muito jeito, dá uma segurança mesmo que seja baseada em pouco. E neste momento, não sei nada, não há previsões. Há apenas sonhos, esperanças e memórias.

domingo, 5 de abril de 2009

Baile de finalistas... emprestado :P

Das noites mais divertidas que já tive desde SEMPRE. Mágico, inesquecível, guardado para sempre aqui «3
Seize the day... Não pertenço a lado nenhum, mas em cada sítio que estou, aproveito o melhor que existe. :)

sábado, 14 de março de 2009

Perigo iminente


Caminhar sobre um perigo tão sereno, é o que fazemos todos os dias ao viver?
E o reflexo... será que reflectindo num reflexo conhecemos-nos plenamente?

segunda-feira, 2 de março de 2009

Saltitar não chega.


I don't ask for much, do I?
Just a life.
That's all I want, a life.
I sure have one, don't I?
I do, I do.
But I want more, more...
I want a life fulfilled.
A life of live the moment,
instead of a life of when will the next life come.

La fuerza mayor



La fuerza mayor

está en el amor

Es interior

La meta es darlo deveras

Mostrarlo sin razón

Con el corazón

The power of love (la fuerza mayor) . Il Divo

Praia da Claridade :)


Uma praia,
uma noite,
uma lua cheia,
e duas pessoas apaixonadas.

Digam-me lá se não é uma combinação divina :)

Sei que tenho andado demasiado ausente, mas continuo aqui no rectângulo pequenino mas que eu adoro chamado Portugal, por razões que talvez depois explicarei. Hoje vou redimir-me um pouquinho e fazer uns posts, responder a alguns comentários, etc., mas vai ser sol de pouca dura. Pagar net ao MB que uso e com carregamentos obrigatórios de 10 em 10 dias não me leva muito longe na blogoesfera :P

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

O sonho continuou muito para além do previsto. Espero que continue pelo menos até ao fim desta semana. Que é como quem diz, continuo em Portugal, feliz, na minha terrinha linda, com as minhas pessoas lindas. E escrevo isto, apenas para vos informar de tal facto e pedir as minhas desculpas pela falta de comentários, visitas e posts nos vossos e meu blog.
Voltarei em breve, mas enquanto não voltar, é porque estou feliz :)


Beijocas a todos, e até já :)

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

A cada recordação, uma memória, um pensamento...


"Por mais distância que nos separe, estás e estarás sempre aqui, no coração e na felicidade da tua fofinha «3

Escrito no dia 03/02/09


O sentimento de perda e saudade começa a ferver em mim... Já não há razão para me levantar da cama com uma felicidade enorme;
Tu não me vais vir buscar... Não vou pôr os meus braços à tua volta, sentir o vento e a chuva no meu rosto, o teu cheiro misturado com o ar que sabe a sal do mar ali tão perto... Não vou almoçar convosco...
Vocês não vão almoçar comigo... Não vou sentir a amizade tatuada a cada beijo que me cumprimenta, a cada frase direccionada para mim.
O amor nos meus olhos e nos meus lábios, nas minhas mãos e no meu corpo, fica guardado. Trancado a sete chaves, até o poder largar novamente.
Começo a sentir-me vazia de felicidade...
As lágrimas que vocês choram pela minha partida não mudam nada...
As lágrimas que fogem de mim e os passos que dou sem voltar atrás mudam ainda menos...
Mas ainda tenho mais uns minutos contigo meu amor...
Vem rápido... Depois disso choro.
Depois de chorar, penso nos nossos momentos e sei que vou sorrir. Penso na amizade e vou-me rir.
E a esperança, essa, continua a permanecer.
Escrito no dia 04/02/2009 às 12.21 pm

"É urgente permanecer"


Eles têm tudo para serem o amor divino,
sem rotina, sem vícios.
Os únicos vícios deles, são o outro,
o corpo um do outro que se toca e aquece,
que se beija, que delira, que explode,...
Têm um género de amor proibido.
Louco, lindo
Sensual, surpreendente
Apaixonante, amargurante
Porque nada é perfeito,
e eles também não o são.
Mas amam-se...
E é tudo o que agora e para sempre, irá interessar.

Escrito no dia 30/01/2009 - 2:49 AM

"É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer."

Eugénio de Andrade

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009


Apenas para dizer que daqui a 24 horas devo estar a embarcar não neste boeing 737, mas noutro muito, muito parecido :P Dizer olá outra vez ao "piqueno", porque já conheço praticamente a frota toda da SATA :P



E aqui uma imagem do Aeroporto de Lisboa...
Até já :) Tratem bem do meu, ou nosso, Objectiva do Ser, porque sem vós isto não tinha o mesmo sentido :)
I'll be watching ya! ;D

Beijocas da Lize, que vai voltar às origens :)

domingo, 25 de janeiro de 2009

Nem sei que título dar a este post :P


De vez em quando apetece-me escrever posts sem grande sentido, apenas por saber que quando um dia reler o que escrevi vou ficar a pensar "heyyyy... pois foi..." :P Este vai ser um deles ;P
Se há coisa que me provoca uma nostalgia imensa é pegar no meu telemóvel de Portugal, principalmente antes de voltar. E como eu sei disto, normalmente, quando estou de volta para cá, guardo sempre as últimas mensagens que recebi, principalmente as das pessoas mais chegadas a mim :) Reler os últimos sms de 25 de Agosto de 2008... Provoca-me sensações indescritíveis. Mas acima de tudo, dá-me alegria. Naquele dia pensei que não ia voltar durante pelo menos um ano... que aquele amor de que falo aqui milhentas vezes não iria resistir a tanto tempo de afastamento. Well, guess what? :P Não só vou aí, como sobrevivemos a 5 meses um sem o outro, e estamos tão fortes ou mais ainda do que naquele dia. E isso, só me pode deixar feliz.
E pronto, a imagem é obviamente do meu telemóvel velhinho (tendo em conta que a maior parte dos Portugueses troca de telemóvel no mínimo uma vez por ano e que tem um para cada rede), mas que funciona às mil maravilhas :P Já está a carregar e tudo ahah ;P Mas por enquanto não me serve de muito... agora quando puser os pés em Lisboa e telefonar para o 1696 para activar as sms grátis... eheheheh ;P Começo a ginasticar o polegar xD Agora tenho de ir começar a fazer as malinhas. Yupi :P

Beijocas a todos, e já agora, a partir de terça-feira à tarde (noite aí), as respostas a comentários, posts e visitas aos vossos blogues vão reduzir muito ou até cessar, tudo depende se tiver acesso a Internet enquanto andar por Portugal. Mas quando voltar, vai ser em força :P :)

All I want is you

You say you want
Diamonds on a ring of gold
You say you want

Your story to remain untold

But all the promises we make
From the cradle to the grave

When all I want is you


You say you'll give me

A highway with no one on it
Treasure just to look upon it

All the riches in the night


You say you'll give me

Eyes in a moon of blindness
A river in a time of dryness

A harbour in the tempest


But all the promises we make

From the cradle to the grave
When all I want is you


You say you want

Your love to work out right

To last with me through the night


You say you want
Diamonds on a ring of gold

Your story to remain untold
Your love not to grow cold


All the promises we break

From the cradle to the grave
When all I want is you

You

All I want is...

You

All I want is...

You

All I want is...

All I want is you . U2 (quem quiser ouvir a música, está ali ao lado :P)

Para que interessam os diamantes ou as prendas caras... as promessas de um mundo inteiro e o outro também... when all I want is you?

P.s: 2 dias para apanhar o avião para Portugal, 3 dias para chegar a Lisboa, e 4 dias para chegar à minha terra mais linda ;D