sábado, 26 de setembro de 2009

Gostava...



Gostava... de saber quanto gosto, como gosto, se gosto.
Gostava... de saber o significado de ter sonhado contigo.
As tuas mãos, os teus lábios, a tua pele, o teu toque... Acordar com isto na minha mente despertou-me os sentidos. Será que gosto, quanto gosto?
Gostava... de perceber o porquê de ver o teu nome saltitar no canto do meu computador e o meu coração quase me sair pela boca. Ficou a 100 à hora... Apanhou-me desprevenida, deixa-me impotente, renegada aos sentimentos. 
Pensava que tinha tudo minimamente sob controle... Mas depois volta tudo ao mesmo. 
Amanhã talvez perceba... já que hoje, só sei que nada sei.


Mas lá no fundo, eu gosto de me sentir assim... Ais a minha vida... 



You said you'd be there for me
In times of trouble when I need you and I'm down
And likewise you need friendship
You have goals to achieve
Can you feel my heart is beating
Blood, blood, blood, blood is rushing
Heartbeat . Nneka (incompleto)

3 comentários:

S* disse...

Se nós nao percebemos o nosso coração... quem perceberá?

O Profeta disse...

Passei para te deixar um terno beijo...

Raquel Dias disse...

gostei muito do teu blog, e este post está muito giro ;)

beijinho