sábado, 29 de agosto de 2009

Parabéns a mim ^^

Hoje... faço anos. E não é um aniversário qualquer. É um número com peso, que provoca mudança (pelo menos no papel). 18 anos. Uma eternidade para mim, nem tanto para quem já viveu muito mais que eu.
Sinto-me feliz. Cheguei aos 18 com amigos, com família, saudável, etc.
Mas é um dia estranho ao mesmo tempo. Muito mais do que nos outros anos, hoje toda a gente resolve dar os parabéns. Mesmo aquelas pessoas por quem eu passo na rua e não ligamos nenhuma, hoje têm um "parabéns" a dizer.
Parabéns a mim :)

Bem, uma coisa é certa, ao meu jantar, só vai quem merece mesmo ;P E também há aqueles que teimam em fazer férias no fim de Agosto. Ophum. Sempre o mesmo todos os anos :P

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Selfish love



The way you walk
The way you do
The way you breath
The way you play
The way you feel
The way you touch
The way you enter to my mind

(...)

The way you smile
The way you talk
The way you kiss
The way you love
The way you look
The way you walk
The way you enter to my mind

I love you...
Selfish Love . Pedro Cazanova ft. Andrea

Mas às vezes, muitas vezes, demasiadas vezes, só o amor não chega... Ou então, é porque o amor não era tão forte assim.
Só sei, que nada sei.
Um mês para as colocações do ensino superior. Um mês (ou menos) para acabarmos. Tão pouco romântica que esta afirmação é...
Há que aproveitar os últimos dias... Nada mais posso fazer.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O espelho do corpo

Hoje tenho tanto para querer dizer, mas nada me sai. Se fosse pôr isto em palavras, ia sair auhgviwrbvfwkijADBIU tal é a confusão...
Por isso deixo-vos a foto, que eu adorei-a :)

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Não posso adiar o amor para outro século


(...)

Não posso adiar este abraço
que é uma arma de dois gumes
amor e ódio
não posso adiar
ainda que a noite pese séculos sobre as costas
e a aurora indecisa demore
não posso adiar para outro século a minha vida
nem o meu amor
nem o meu grito de libertação

não posso adiar o coração

António Ramos Rosa

É um assunto que me anda a martelar-me as ideias desde à um tempo para cá. É uma ideia que no meu entender é demasiado modernista. Sim, modernista! Eu que sou bem contra ideias antiquadas, também não concordo com esta que é completamente descabida mas que espelha as relações de hoje em dia.
O amor sério, uma relação séria, tem idade?
Quando duas adultas dizem a alguém com menos de 20 anos que devia variar mais, ou seja, que devia descolar-se da actual e viver a vida porque ainda é muito novo para estar sempre na mesma, eu fico a pensar para onde raio é que foi a inteligência das pessoas. A sério, se uma pessoa está feliz, gosta do outro, dão-se bem, tudo corre bem, mas namoram à mais de vá... uns belos meses, talvez mais de um ano, depende das contas, o que é que se deve fazer? Mudar para outra onda? Isso é viver a vida?
Para mim, o gostar não tem idade. Pode-se gostar diferentemente porque a maturidade muda, as experiências ganham-se, mas o sentimento em si nada tem a ver com o caso. Se alguém me vier dizer que se vai casar com 18, 19 anos, isso eu já talvez ache demasiado, e eu não o faria nem pelo príncipe encantado no cavalo branco. É demasiado cedo, porque casamento implica família, e família implica maturidade e atenção concentrada na família mais do que em tudo o resto.
Mas uma relação não tem de ter idade. Pode começar aos 20 e durar para sempre. Pode começar aos 18 e durar 3 anos. Pode começar aos 16 e acabar aos 18, para ser retomado aos 25 e durar para sempre. Who knows?
Para quê adiar o amor para outro século, década, ano, idade? Não faz sentido...

Twitter

Não percebo a ideia.
É um dos fenómenos da internet que alcançou a ribalta mais depressa, principalmente nos Estados Unidos, mas também na Europa, Japão, etc.
Segundo a revista Times, é uma maneira nova e fenomenal de acompanhar o que amigos e família estão a fazer naquele preciso momento.
Pois eu não entendo qual é o espanto.
Há milhentos sites na internet que visam fazer o mesmo: hi5, myspace, facebook, etc, etc, etc.
Mais, todos estes sites fazem o que o twitter faz, e muito mais ainda!
Alguém me explica a fenomenalidade do twitter, tirando o nome que até é bem fofo?

Prefiro o meu blog...

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Bahhhhhh -.-'


Há dias em que mais vale...
... não acordar.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Deeper love


If your gonna save the day
And your hearing what i say
I feel your touch , your kiss
Is not enough
And if you believe in me
Dont think my loves for free
I wont take nothing less
Than a deeper love
Fragma . I need a miracle

Findings

Lost and insecure
You found me,
You found me...
Lying on the floor,
Where were you,
Where were you?
Surround me,
Surround me...
The fray . You found me