segunda-feira, 2 de março de 2009

Saltitar não chega.


I don't ask for much, do I?
Just a life.
That's all I want, a life.
I sure have one, don't I?
I do, I do.
But I want more, more...
I want a life fulfilled.
A life of live the moment,
instead of a life of when will the next life come.

15 comentários:

Ianita disse...

Pois... saltitar não chega... cansa os tornozelos e os joelhos... algum dia teremos de parar...

Kisses

Moura ao Luar disse...

Só depende de ti, está na tua mente o melhor caminho para te sentires realizada ;-) acorda sempre com um sorriso, permite-te ser feliz com o que tens e caminha feliz para o que desejas.

Lize disse...

Ianita, vai parar em breve, isso é uma certeza.

Moura ao Luar, aí é que está, não depende só de mim, mas uma grande parte são decisões minhas... "acorda sempre com um sorriso, permite-te ser feliz com o que tens e caminha feliz para o que desejas." :) true, soo true.

Beijocas às duas :)

hOt_male disse...

foi uma prazer visitar-te
ficarei por perto
se bem vinda minha kerida
beijo-te

Ricardo disse...

Depende da forma de saltitar! :) :)

Beijo

Lize disse...

hOt_male, obrigado pela visita, volta sempre :)

Ricardo, ahahahahah xD É verdade sim senhor ;P

Beijocas aos dois :)

O Profeta disse...

És madeira verde
Ou apenas mulher perdida
Testemunha de berço feito de penas
Arca perdida da dor contida

Tudo isto é universo
Em límpida poça de água
Onde as conchas têm a forma de coração
Onde o sal afasta a mágoa

A ti que és minha amiga especial
convido-te a partilhar comigo o “sítio das conchas azuis”




Beijo azul

Zeze disse...

Olá
Saltitar não chega, mas sim o local certo para esse salto, muitas vezes andamos a espreita dele e caímos...

Beijoka

Lize disse...

O Profeta, já fui espreitar o sítio das conchas azuis... :) Lindo, lindo digo-te já.

Zeze, caímos, levantamo-nos, é a vida :)

Beijocas aos dois :)

susaninha disse...

Adorei a tua imagem, e o teu blog

Bom fim de semana

Borboleta disse...

Desenham-se corpos Inquietos
sem rostos(...)
invisíveis.

Improvisam a alma
Enriquecem a valsa
mergulham despercebidas

Sombras sem fendas
gritam no deserto povoado
expectativa de vida (...)
partes de nós.

O Profeta disse...

Para lá desta janela sincera
Mora a luz radiosa, inconstante
Esta Lira liberta uma breve melodia
Que a brisa carrega adiante

Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor
Sons mais que mil e muitos
Máscara da ironia de Deus superior

Bom fim de semana


Mágico beijo

PAULO LONTRO disse...

por onde andas miúda ?

Puzz disse...

paulo, o correcto seria perguntar: "por onde saltitas?"

:)

Lize disse...

susaninha, obrigada e bom fim de semana para ti também :)

Borboleta, bem escrito, bem sentido... :)

O Profeta,
"Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor"
Das piores sensações que se pode ter na vida, é como não viver... vivendo.

Paulo, continuo aqui à beira mar do atlântico, em Portugal :P Eu já te visito para me redimir.

Puzz, saltitei para Portugal à já um tempinho, falta saber quando vou saltar de volta para onde me esperam.

Beijocas a todos.